Pesquisas de Iniciação Científica

Cássila Cavaler Pessoa de Melo. Os registros dos africanos: o Estado imperial e as fronteiras da escravidão e da liberdade no século XIX. 2013.

Cássila Cavaler Pessoa de Mello. As categorias de classificação da população no século XIX. 2011. (baixar)

Maysa Espíndola Souza. Identificação de africanos livres em São Paulo, no Paraná e no Rio Grande dos Sul. 2011. (baixar)

Guilherme Miranda Naman. O abolicionismo nas décadas de 1850 e 1860: A Sociedade contra o Tráfico de Africanos e O Philantropo. 2010. (baixar)

Gabriela Reis Veloso. Tavares Bastos e a Questão dos Africanos Livres na década de 1860. 2010. (baixar)

Tatiane Modesti. Advogados, juízes e promotores radicais e a lei de 1831. 2008.

Simoni Mendes. Fé e liberdade: os africanos na Irmandade de Nossa Senhora do Rosário, Desterro 1799-1830. 2007. (baixar)

Maria Helena Schweitzer. Africanos entre açorianos: tráfico de escravos e a presença africana na Lagoa da Conceição (1760-1855). 2006. (baixar)

Vitor Hugo Bastos Cardoso. O comércio de escravos entre o Rio de Janeiro e Desterro (1790-1830). 2006. (bolsista voluntário)

Fernanda Zimmermann. Africanos entre açorianos: tráfico atlântico e trabalho escravo no Ribeirão da Ilha na primeira metade do século XIX. 2004. (baixar)

Todos tiveram bolsa PIBIC-BIP/CNPq-UFSC